sábado, 31 de outubro de 2009

Precisa-se

Sendo este um jornal por excelência, e por excelência dos precisa-se e oferece-se, vou pôr um anúncio em negrito: precisa-se de alguém homem ou mulher que ajude uma pessoa a ficar contente porque esta está tão contente que não pode ficar sozinha com a alegria, e precisa reparti-la. Paga-se extraordinariamente bem: minuto por minuto paga-se com a própria alegria. É urgente pois a alegria dessa pessoa é fugaz como estrelas cadentes, que até parece que só se as viu depois que tombaram; precisa-se urgente antes da noite cair porque a noite é muito perigosa e nenhuma ajuda é possível e fica tarde demais. Essa pessoa que atenda ao anúncio só tem folga depois que passa o horror do domingo que fere. Não faz mal que venha uma pessoa triste porque a alegria que se dá é tão grande que se tem que a repartir antes que se transforme em drama. Implora-se também que venha, implora-se com a humildade da alegria-sem-motivo. Em troca oferece-se também uma casa com todas as luzes acesas como numa festa de bailarinos. Dá-se o direito de dispor da copa e da cozinha, e da sala de estar. P.S. Não se precisa de prática. E se pede desculpa por estar num anúncio a dilarecerar os outros. Mas juro que há em meu rosto sério uma alegria até mesmo divina para dar.


Clarice Lispector

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Museu da pessoa

O museu da pessoa é uma página da web que traz depoimentos e relatos diversificados.
São histórias de vidas,contos emocionantes.Ele tem a finalidade de armazenar vidas e distribuir essas experiências com quem estiver afim de ouvir uma história e conhecer os personagens do Brasil.
O site tem vídeos disponíveis,relatos radiofônicos,fotografias e diversos depoimentos escritos.

O vídeo abaixo foi postado no museu no dia 01/10/2009
É um relato de Rosa Coelho dos Santos.Ela fala da ausências de seus filhos.
Eu fiquei muito tocada com o depoimento.




Entre no site e conheça alguns personagens brasileiros
http://www.museudapessoa.net/MuseuVirtual/hmm/video.do?action=home

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Que mundo maravilhoso

Novamente posto uma letra de música.Eu sei que isso pode ser um pouco repetitivo,mas quando eu vi a tradução de what a wonderful world, achei-a perfeita e pensei também como seria perfeito se as pessoas vissem as maravilhas do mundo e as respeitassem.
Essa música entrará como trilha de um documentário produzido para fins acadêmico e posso garantir que terá um ótimo resultado pelo o envolvimento dos participantes.
O documentário terá a mesma magia desta música.

Que mundo maravilhoso

Eu vejo o verde das arvores
Rosas vermelhas tambem
Eu as vejo florescer
Para mim e para você
E eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso
Eu vejo o azul do céu e o branco das nuvens
O brilho abençoado do dia
O escurecer diz boa noite
E eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso
As cores do arco-íris
Tão belo no ceu
Estão tambem nas faces
Das pessoas que passam
Vejo os amigos apertando as mãos
Dizendo, "Como você vai?"
Na verdade estão dizendo: "Eu amo voce!"
Eu ouço bebês chorando
E os vejo crescer
Eles aprenderão muito mais
Do que eu já sei
E eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso
É...eu penso comigo mesmo
Que mundo maravilhoso.......

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Pensar em você




Pensar em você
(Chico César)

É só pensar em você
Que muda o dia
Minha alegria dá prá ver
Não dá prá esconder
Nem quero pensar
Se é certo querer
O que vou lhe dizer
Um beijo seu e eu vou só
Pensar em você
Se a chuva cai
E o sol não sai
Penso em você
Vontade de viver mais
E em paz com o mundo
E comigo
E consigo

domingo, 11 de outubro de 2009

Feliz dia das crianças


Ser criança é muito bom e te-las a nossa volta é melhor ainda.
Adoro a sua energia,a sua vontade de desvendar o mundo,o seu sorriso e brincadeiras inocentes.
Me lembro muito das minhas fantasias de criança.O mundo em que eu vivia parecia ser melhor e certa forma era. Aquele tempo me ajudou a ser o que eu sou hoje,aqueles momentos formou uma pessoa.Eu.
Hoje eu vejo a mesma transformação nas crianças que estão perto de mim.
Luiza,Júlia,Nathália,Letícia,Kadú e Madú.Amo muito vocês!

Sem final feliz



Era uma vez,uma linda garotinha que saiu para levar doces para sua vovozinha.
O seu nome era chapeuzinho vermelho.A mãe de chapeuzinho a alertou que ela não parasse no caminho,mas ela não obedeceu e falou justamente com um lobo disfarçado.
Com segundas intenções ele ensinou um caminho mais longo para casa da vovó e chegou lá antes da menina.
Resultado, ele comeu a vovó e quando a menina chegou ele a devorou também, e fim da história.
Exatamente.Esse é o final da história.E onde fica "e eles viveram felizes para sempre", foi isso mesmo que eu me perguntei.
Peguei um livro de contos de fadas da minha sobrinha de 7 anos e me choquei com essas eu outras histórias com finais destorcidos.
Acho até que fiquei mais traumatizada do que ela, pois quando eu perguntei cadê a última página? Ela falou que era assim mesmo. E eu disse que não podia ser, que a história não acabava triste daquele jeito.Ela apenas respondeu que aquela não era a pior das histórias.
Isso talvez lhe pareça um pouco dramático,mas a verdade é que não estou acostumada com o veto do "felizes para sempre",pelo menos não na fantasia.

sábado, 3 de outubro de 2009

Rio 2016

Não sou muito ligada em esportes,mas achei super legal o clima que os brasileiros transmitiram quando foi anunciado que o Rio de Janeiro irá sediar as olimpiadas de 2016.
É essa alegria que contagia que me impulsiona a torcer.Amo muito essa energia que nós brasileiros temos.


;;